7 táticas simples para iniciar seu funil de vendas do Instagram

Com mais de 800 milhões de usuários mensais (e em crescimento), o Instagram é o local para documentar os momentos da vida, grandes ou pequenos.

O Instagram também se tornou rapidamente um dos mercados mais quentes do mundo. Até 2018, o aplicativo está projetado para gerar US $ 6,8 bilhões em receita de anúncios para celular.

Além disso, a rede tem um público exigente –  59% das pessoas entre 18 e 29 anos são usuários ativos do Instagram. Esta demografia muda as táticas tradicionais de marketing e evita os meios de publicidade Old School como a TV a cabo, o que dificulta a entrada das empresas.

No Instagram, os usuários ativamente convidam a marca para seu feed – 80% dos usuários do Instagram seguem pelo menos uma marca.

Os E-commercers são os mais propensos a prosperar no Instagram, com 14% dos usuários fazendo compras diretamente no aplicativo, sem mencionar as oportunidades de conversão de visualização.

Se você administra uma loja virtual, como usar a rede social que mais cresce no mundo à seu favor?

Vamos explorar sete táticas para impulsionar o seu funil de vendas do Instagram para um maior sucesso em vendas!

Tática 1: adicione um Call To Action na sua biografia

O Instagram não tem muito espaço para texto ou links, então você tem que usar o que está disponível a seu favor.

Uma tática simples é adicionar um call-to-action (CTA) em sua biografia direcionando seus seguidores de volta à sua loja de comércio eletrônico.

Se você tem um produto atual especial, uma nova linha em destaque ou qualquer outra coisa que você gostaria de promover, use sua biografia para direcionar os seguidores para saber mais.

Aqui está um bom exemplo de como convidar seguidores para “Shop our Instagram” diretamente da biografia:

url instagram toofaced em bio

Com a funcionalidade padrão do Instagram para contas com menos de 10.000 seguidores, essa é a única oportunidade de link que você tem. Use com sabedoria.

Você pode usar a linktr.ee como ferramenta gratuita para ter vários links na sua biografia ou ainda uma outra opção paga, como Link in Profile que é BEM mais completa!

Veja este exemplo abaixo, onde cada foto está vinculada ao seu site:

Link no perfil

Tática 2: Link no Stories

Esse recurso está disponível apenas para contas com mais de 10.000 seguidores – mais uma razão para priorizar o Instagram e começar a criar esse público.

Contas elegíveis podem incluir links em Stories do Insta.

Stories adicionados no ano passado, permitem que os usuários combinem fotos e vídeos em uma apresentação de slides temporária que desaparece após 24 horas.

Usuários de elite agora podem colocar um CTA na história do Instagram para as pessoas abrirem mais informações.

Link na história

Você pode direcionar seguidores para seu website, um produto específico, uma coleção, uma postagem no blog e muito mais.

Você pode até “disfarçar” as hashtags em sua foto, usando a ferramenta de correspondência de foto no lado esquerdo, ao lado da amostra de cor. Use o conta-gotas para combinar com o fundo da sua foto.

Ao adicionar hashtags à sua história do Insta, você está oferecendo a um novo público a oportunidade de encontrar você e navegar até sua loja usando o recurso CTA.

Se você escolher essa opção, use as hashtags relevantes para sua marca.

Embora as hashtags de nicho não tenham um volume de pesquisa massivo, é mais provável que você encontre um cliente de conversão, portanto, fique muito familiarizado com as principais hashtags do seu espaço.

Quer usar hashtags populares? O ponto ideal parece estar entre 100.000 e 500.000 usos. Mais popular, e não tem como a sua marca ter visibilidade em todo o barulho.

Tática 3: Colaborar com Influenciadores

As marcas gastam cerca de US $ 1 bilhão anualmente no marketing de influenciadores do Instagram.

Influenciadores, que vão desde treinadores de fitness locais ou fotógrafos com pequenos seguidores para celebridades de primeira linha, transformaram o marketing de mídia social em uma forma de arte.

Embora os principais influenciadores, como Beyoncé, possam ganhar mais de R$ 3 milhões por postagem , a média de postagem patrocinada custa cerca de R$ 900,00.

Com a estratégia certa, sua marca pode estabelecer uma parceria estratégica com influenciadores que geram um ótimo retorno do investimento em termos de conversões e reconhecimento da marca.

Ao trabalhar com influenciadores, você é capaz de alavancar sua rede e marca para conscientizar suas ofertas de e-commerce.

Não parece propaganda, porque a mensagem vem da voz pessoal e autêntica do influenciador.

Mesmo com restrições mais rígidas na transparência do conteúdo patrocinado, os seguidores continuam a dar as boas-vindas aos posts de influenciadores confiáveis.

Daniel Wellington faz um ótimo trabalho trabalhando com influenciadores e tem uma grande pegada no Instagram com seus relógios.

daniel wellington instagram patrocínio

Se você estiver mergulhando os pés nas águas dos influenciadores, fique atento. Só porque eles têm uma alta contagem de seguidores ou cobram um preço alto, isso não o torna um bom investimento nem garante sucesso.

Para começar, certifique-se de que o público deles é real. Digite seu nome de usuário no Social Blade e você pode ver alguns dos seus Instagram Analytics. Se eles têm um acompanhamento real, eles geralmente devem ter um aumento gradual. Se seus seguidores tiverem muitos picos e declínios, eles provavelmente compraram seguidores.

Você também pode solicitar o kit de mídia / dados demográficos para garantir que eles sejam adequados para sua campanha. Quanto maior o número de seguidores, maior o preço por colaboração, de modo que os micro-influenciadores estão se tornando mais populares. Esses influenciadores têm um acompanhamento modesto, mas comprometido, e geralmente têm um nicho que ajuda a direcionar seu marketing.

Tática 4: Produto Gratuito, Apenas Pague Remessa (Free Shop)

Muitas empresas de relógios e óculos de sol estão surgindo com anúncios pagos no Instagram com uma oferta irresistível: receba um produto gratuito, pague apenas pelo frete.

Essa pode ser uma ótima abordagem para levar seu produto para as mãos dos consumidores, especialmente se for um produto que as pessoas provavelmente compram mais de uma vez.

Essa estratégia pode chamar muita atenção, mas você precisa garantir que ela seja executada corretamente.

Desconfie de ver esses compradores como futuros clientes garantidos.

As pessoas podem aceitar um item grátis, mas isso não significa que precisem ou queiram pagar o preço total por um produto equivalente no futuro.

Assim como os concursos sociais trazem muita atenção, mas raramente resultam em sucesso sustentado, essa tática tem o mesmo lado negativo.

Além disso, você precisa ter inventário suficiente para seguir adiante.

Houve alguns golpes usando essa tática em que as pessoas nunca receberam o produto e você não quer que sua marca receba uma má reputação devido a problemas de estoque.

Tática 5: Integração Shopify

O Shopify implementou atualmente a Integração com o Instagram. Ou como chamam, o Insta Shopping.

Essa integração permite que as lojas de comércio eletrônico vendam para compradores diretamente por meio do aplicativo Instagram, sem ter que navegar para um site ou plataforma externa.

Esta funcionalidade está agora disponível no Brasil através da Plataforma Shopify.

Se você não pretende utilizar o Shopify como plataforma de E-commerce, o LIKEtoKNOW.it é uma boa alternativa. Este aplicativo permite que você faça uma captura de tela no Instagram e compre diretamente no aplicativo.

Tática 6: Incentive seus clientes a gerar conteúdo

Os produtos de comércio eletrônico funcionam excepcionalmente bem com conteúdo gerado pelo usuário .

Incentive os seguidores a repassar fotos de seu produto em uso, marcar sua conta ou usar sua hashtag de marca.

Essa prática cria uma cultura / comunidade em torno de sua marca e ajuda a promover a conscientização.

Um ótimo exemplo é a Spivo, uma empresa que tem um bastão de selfie como seu principal produto. Eles fazem um ótimo trabalho incentivando os clientes a compartilhar conteúdo de vídeo e imagem produzido com o produto. Eles então postam novamente o conteúdo e marcam o cliente nele, aumentando sua visibilidade e engajamento.

Tática 7: Anúncios do Instagram

Os anúncios do Instagram são gerenciados por meio do painel Gerenciador de anúncios do Facebook, o que facilita a sincronização com seus esforços pagos no Facebook e aproveita a ampla gama de opções de segmentação que permitem que você se concentre em pessoas específicas do comprador.

A chave com o Instagram é o custo por aquisição.

Se você puder colocar isso em uma faixa confortável em que você lucra com todas as transações, você poderá dimensionar a campanha aumentando o orçamento e obtendo ainda mais sucesso.

Histórias do Instagram

Certifique-se de que a estética de seu persona esteja bem definida para não criar um anúncio exagerado.
Assim você evita que ele seja ignorado e se destaque como anúncio.

Imagens ponderadas são essenciais e podem ser diferentes dos recursos visuais que funcionam no Google AdWords ou no Facebook.

No Feed

Segmente seus anúncios para pessoas com interesses semelhantes.

Certifique-se de que os seus anúncios são visualmente atraentes e combinem com a estética de tema preferida, seja uma foto de comida, flatlay ou uma opção de filtro específica.

Os anúncios de feed são ótimos para marcas de e-commerce, pois você pode incluir um botão “comprar” e vincular diretamente ao seu produto ou coleção.

Conclusão

Instagram é mais que uma plataforma de mídia social, é um paraíso para os donos de lojas de e-commerce.

Essas táticas podem ajudar a configurar e otimizar um funil de vendas do Instagram que abre as portas para um novo mundo de sucesso de vendas e fidelidade à marca.

De táticas simples e gratuitas, como adicionar uma CTA à sua biografia, a estratégias abrangentes de anúncios pagos que sincronizem com seus maiores esforços de marketing, você pode encontrar uma abordagem que funcione.

Até a próxima.

Compartilhe este artigo: